quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Esqueça (Poema)










Feche os olhos.
Esqueça
meu nome,
as cores
que te cercam
e as flores
que te deram.
Esqueça
as dores
que te acompanham,
os amores
que te deixaram
e os senhores
que te subjugaram.
Feche os olhos
e apenas sinta.
Minha respiração
em seu ouvido,
meu gemido
em tua boca
e teu coração
em minhas mãos.
Sinta o esquecimento,
o breve momento
em que nada mais
importa.
Sinta eu percorrer
teu destino
como um menino
que cresce
dentro de ti.
No movimento
que toca
teu ventre
e acende
todo o teu
corpo.
Eu sou
tua cor,
que cega 
teus olhos.
Eu sou
a dor,
que transborda
teu gozo.
Eu sou
o sabor,
que saliva 
teus sentidos.
Eu sou
o senhor
que explora
teus prazeres.
E sou o amor,
que te invade
sem piedade
e te preenche
enquanto a noite
eterniza
teus dias.

by Cristian Ribas