quinta-feira, 20 de julho de 2017

Sem Falar de Amor (Poema)








Não vamos
falar de amor.
Apenas me doe
o seu calor
na madrugada 
e segure 
minha mão
pela estrada
até a hora
de ficarmos
sozinhos
pelo caminho.
Não é pessimismo
ver a solidão
como destino.
É somente
o realismo
de quem aprendeu
que a vida
é o momento
que se torna
eterno
em teus braços.
Então,
me deixe
um pouco
da tua essência
enquanto brincamos
de indecências
sem se preocupar
quando o amanhã
irá chegar.
Só sinta
meu amor
agora,
pois o mundo
lá fora
ainda pode
esperar.

by Cristian Ribas